Núcleo Experimental

Educação e Arte

MAM em movimento: trabalho educativo desenvolvido com crianças de 10 a 13 anos do Abrigo Ayrton Senna, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.
A atividade foi desenvolvida em dois encontros no abrigo e dois encontros no museu, realizados em fevereiro de 2014. Você pode conferir o vídeo aqui.

 

EU, VOCÊ e o MAM foi o nome pensado para o projeto de educação e arte do Museu de Arte Moderna, por conter em si o conceito que queremos desenvolver como base das atividades e atuação do setor educativo junto à instituição MAM e à sociedade como um todo.

 

EU, VOCÊ e o MAM, como o próprio nome sugere, nos coloca lado a lado com o Museu, de mãos dadas, como numa grande família, que não precisa ser homologada como tal, mas nasce assim e assim se perpetua.

 

EU, VOCÊ e o MAM sugere atemporalidade. O MAM, tendo sempre existido enquanto parceiro da sociedade, desde a sua fundação. Assim o foi, o é e o será para sempre.

 

Numa concepção mais ampla, EU, VOCÊ e o MAM, sugere também a horizontalidade da hierarquia Museu/sociedade, onde além de a esta pertencer, enquanto patrimônio material e porque não imaterial também, a ela também não deve submissão nem dela exige isso, pois está ali para servir e colaborar na formação de seus indivíduos, na construção do imaginário social, na preservação, questionamento e irradiação de sua cultura, sem privilégios culturais e educacionais, sem distinguir quem sabe mais, quem tem mais ou quem pode mais.
Desta maneira, o projeto EU, VOCÊ e o MAM – Educação e Arte no Museu se abre para uma experiência de conhecimento e percepção, a apreensão e dinamização da cultura e do cotidiano como instrumento para integração e transformação participativa dos cidadãos.

 

OBJETIVO

 

EU, VOCÊ E O MAM, o novo educativo do MAM sob a direção do artista plástico Luiz Pizarro, tem como objetivo a dinamização da cultura do museu e do cotidiano como instrumento de potencialização para a integração e transformação participativa de sujeitos no seu tempo e espaço, ampliando assim, ainda mais, a abrangência e importância da participação do MAM no contexto cultural e social da cidade e do país.

 

Como?

 

  •  Integrando escola, comunidade e museu e, principalmente, levando o Museu para mais próximo das escolas e comunidades.
  •  Trabalhando o contato com as obras numa abordagem de aprendizagem construtivista com leituras participativas que se ampliem para a realidade vivida pelos alunos.
  • Trabalhando, através das diferentes linguagens artísticas o eixo central de formação e sustentação da personalidade desses indivíduos junto à coletividade.
  • Estimulando a criatividade e a curiosidade do público diante do universo simbólico formador da nossa cultura.

Patrocínio: Petrobras, Governo Federal

 

  • Mantenedores