Artes Plásticas

Museologia

Conservação e gerenciamento

O acesso de qualidade, hoje e para as gerações futuras, é o que move todas as ações ligadas à conservação e ao gerenciamento do acervo no MAM Rio.

Estas ações englobam desde a documentação e o acondicionamento das obras em sua reserva e espaços de guarda até as montagens mais complexas dentro e fora dos espaços de seus espaços.

O trabalho de documentação de um acervo como o do MAM Rio vai além da tarefa de dimensionar e registrar dados como título, data e ou da adequação dos espaços à guarda de cada material. O acervo conta com obras complexas como instalações, arte com elementos tecnológicos, orgânicos, elementos descartáveis e performances, o que torna necessário uma análise mais complexa não só dos elementos concretos, mas também conceituais destas obras e em alguns casos a obra nem mesmo existe fisicamente no acervo a não ser nos momentos em que está exposta, os registros são os únicos elementos que permanecem nestes casos.

Este universo variado deve-se, principalmente, aos jovens artistas que cada vez mais diversificam suas linguagens e trazem novos desafios aos profissionais que possuem a tarefa de garantir a permanência destes trabalhos no futuro.

Aos poucos, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, através do trabalho de sua equipe de museologia, vem desenvolvendo novas ferramentas que auxiliem na tarefa de documentar obras complexas. O que já se tornou indispensável neste processo é o envolvimento dos artistas, seja através de entrevistas, conversas informais, realização de vídeos-documento ou do uso de formulários de registros específicos, práticas que têm gerado bons resultados.

Buscando trocar experiências e avançar cada vez mais nas discussões de questões relacionadas aos acervos, a equipe de museologia promove cursos, seminários e estabelece conexões com outras entidades com os mesmos interesses.

Você pode obter informações sobre os assuntos relacionados abaixo através do email museologia@mamrio.org.br:

Empréstimo de obras
Empréstimos devem ser solicitados com o mínimo de três meses de antecedência em relação o início de montagem e estará sujeito a aprovação da curadoria.

 Acesso ao acervo
O acesso direto às obras para fins de pesquisas acadêmicas ou de cunho curatorial é feito por solicitação formal a este departamento. Devido ao grande volume de atividades, este deve ser feito com antecedência.

Artistas do acervo
Artistas que fazem parte de nosso acervo podem entrar em contato direto com este departamento para obterem informações sobre suas obras e atualizar seus dados.

  • Mantenedores