CINEMATECA

> ATUAIS

Abril 2017

Abril 2017

Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro – 27 de março a 23 de abril 2017

 

Responsável pela alavancagem da produção cinematográfica brasileira a partir de meados dos anos 1990, após um período de grande dificuldade de financiamento e inserção no mercado, a Petrobras tem no segmento audiovisual sua atuação de fomento cultural mais longeva e bem sucedida. São 22 anos, mais de 500 títulos entre longas e curtas metragens, em suporte fotoquímico e digital, nos mais variados gêneros e formatos de produção, incluindo apoio decisivo e inédito à animação e ao cinema experimental. Tamanha presença justifica a percepção da empresa como um capítulo importante para a produção contemporânea, em termos de recuperação e consolidação do setor. Através de seus aportes, e os do Fundo Setorial do Audiovisual, o segmento vem conhecendo o período histórico mais estável de financiamento, distribuição e realização de filmes. Além disso, a atuação da Petrobras, iniciada em 1994 através da BR Distribuidora, e depois ampliada com o Programa Petrobras Cultural, não se preocupou apenas com obras voltadas para o mercado formal, mas instituiu uma política exemplar abarcando iniciativas de formação, patrimônio e reconhecimento criativo. À áreas pouco atrativas como o documentário, a restauração de filmes e a produção de filmes infanto-juvenis, se somaram esforços de descentralização da produção e de reforço dos canais de distribuição, com incursões inovadoras junto ao circuito tradicional e à web. Os resultados não tardaram a aparecer, com filmes selecionados pela empresa participando dos principais festivais de cinema do mundo, alcançando grandes bilheterias e consistindo na robusta marca de ¼ de toda a produção dos últimos vinte anos. O conceito da Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro, uma iniciativa que a Cinemateca quer tornar anual, é relativamente simples. Trata-se de um panorama dessa atuação da Petrobras no campo do cinema e do audiovisual, enfocando os diversos segmentos de produção atingidos pela política de investimento da empresa. Estão presentes desde os sucessos de público e bilheteria até títulos pouco exibidos mas significativos da política de investimento da empresa. A mostra será complementada com uma exposição de fotos e documentos.

 

O Amor Segundo Rohmer

 

O amor ou as relações amorosas parece ser um tema eterno do cinema, mas sua presença em meio aos filmes é menos direta do que se pensa. Para além de estruturas esquemáticas e de estereótipos quanto aos relacionamentos, o exame mais detido e empenhado do que aproxima (ou afasta) os seres é muito menos corrente do que se imagina. Um dos poucos cineastas a se distinguir poir dedicar a quase totalidade de sua obras aos interstícios do amor foi o francês Eric Rohmer. Crítico emérito da revista Cahiers do Cinéma e membro mais velho do grupo da Nouvelle Vague, embora um dos mais tardios a passarão longa metragem, o cineasta se distinguiu pela encenação ao mesmo tempo obsessiva e transgressora da vida a dois – ou a três, ou… O pequeno ciclo apresenta seis títulos dos seus mais conhecidos filmes, trazendo em destaque o quarteto dedicado á s estações, em um paralelo perfeito ao que parece ficar mas sempre muda.

sab 1

14h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Garoto cósmico de Alê Abreu. Brasil, 2007. Animação. Com as vozes de Aleph Naldi e Bianca Rayen. 76’. + O lobisomen e o coronel de Elvis K. Figueiredo e Ítalo Cajueiro. Brasil, 2002. Animação. 10’. 35mm.

Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Carnaval em Lá maior de Adhemar Gonzaga. Brasil, 1956. Versão restaurada. Com Walter D’Ávila e Renata Fronzi. 65’. H264.+ Couro de gato de Joaquim Pedro de Andrade. Brasil, 1960. Com Paulinho, Riva Nimitz e Claúdio Correa e Castro. 14’. 35mm.

Classificação indicativa Livre

 

18h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O prisioneiro da grade de ferro de Paulo Sacramento. Brasil, 2003. Documentário. 123’. + Visita íntima de Joana Nin. Brasil. 2055. Documentário. 15’. 35mm.

Classificação indicativa 16 anos

 

dom 2

14h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Castelo Rá-Tim-Bum, o filme de Cao Hamburguer. Brasil, 1999. Com Diego Kozievitch, Rosi Campos e Sérgio Mamberti. 108’. + Desventuras de um dia ou a vida não é um comercial de margarina de Adriana Meirelles. Brasil, 2004. Animação. 10’. 35mm. Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Abril despedaçado de Walter Salles. Brasil, 2001. Com José Dumont e Rodrigo Santoro. 105’. + No passo da véia de Jane Malaquias. Brasil, 2002. Com Francisca Ribeiro da Silva e Luciano Araújo. 13’. 35mm. Classificação indicativa 14 anos

 

18h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Maré, nossa história de amor de Lúcia Murat. Brasil/França/Uruguai, 2007. Com Marisa Orth, Cristina Lago e Vinícius D’Black. 105’. + A vida ao lado de Gustavo Galvão. Brasil, 2006. Com Larissa Salgado e Leonardo Medeiros. 12’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

ter 4

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Lisbela e o prisioneiro de Guel Arraes. Brasil, 2003. Com Débora Falabella e Selton Mello. 106’. + O casarão amarelo de João Paulo Saraceni. Brasil, 2009. Com Mariana Rhosa. 9’. 35mm. Classificação indicativa Livre

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Depois daquele baile de Roberto Bontempo. Brasil, 2006. Com Irene Ravache e Marcos Caruso. 90’. + Viva volta de Heloísa Passos. Brasil, 2005. Documentário. 15’. 35mm. Classificação indicativa 14 anos

 

 

 

qua 5

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Houve uma vez dois verões de Jorge Furtado. Brasil, 2002. Com André Artache, Ana Maria Manieri e Pedro Furtado. 75’. + O resto é silêncio de Paulo Halm. Brasil, 2003. Com Patrick Tosta e Paula Mele. 22’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O grão de Petrus Cariry. Brasil, 2007. Com Leuda Bandeira e Veronica Cavalcanti. 88’. + A velha e o mar de Petrus Cariry. Brasil, 2005. Documentário. 13’. 35mm. Classificação indicativa 10 anos

 

qui 6

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Brasília 18% de Nelson Pereira dos Santos. Brasil, 2006. Com Carlos Alberto Riccelli e Glória Pires. 102’. + Suspiros Republicanos de José Lavigne e Rosane Svartman. Brasil, 2002. Com Amir Haddad e Caio Junqueira. 13’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Falsa loura de Carlos Reichenbach. Brasil, 2007. Com Cauã Reymond, Rosanne Mulholland e DjinSganzerla. 105’. + Um trailer americano de José Eduardo Belmonte. Brasil, 2002. Com José Delvinei e Marcélia Cartaxo. 14’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

sex 7

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Cheiro do Ralo de Heitor Dhalia. Brasil, 2007. Com Selton Melo, Paula Braun e Alice Braga. 102’. + Vaidade de Fabiano Maciel. Brasil, 2002. Documentário. 12’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Gonzaga – De pai para filho de Breno Silveira. Brasil, 2012. Com Chambinho do Acordeom e Júlio Andrade. 120’. + Câmara viajante de Joe Pimentel. Brasil, 2007. Documentário. 20’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

sab 8

14h Mostra Petrobras Grilo Feliz e os insetos gigantes de Walbercy e Rafael Ribas, 2009. Animação. Com as vozes de Luiz Amorim e Rodrigo Andreatto. 86’. 35mm. + A pequena vendedora de fósforos de Kyoko Yamashita. Brasil, 2014. Animação. 9’. H264 .

Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Quem é Beta? Pas de violence entre nous de Nelson Pereira dos Santos. França/Brasil, 1972. Versão restaurada. Com Frederic de Pasquale e SylvieFennec. 81’. + Recife frio de Kleber Mendonça Filho. Brasil, 2009. Com Andrés Schaffer e Antônio Paulo. 24’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

18h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Barra 68 Sem perder a ternura de Vladimir Carvalho. Brasil, 2001. Documentário. 80’. A obscena Senhora D de Catarina Acioly. Brasil, 2011. Com Bidô Galvão e William Ferreira. 15’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

dom 9

14h Mostra Petrobras A oitava cor do arco-íris de Amauri Tangará. Brasil, 2004. Com Diego Borges e Izabel Serra. 80’. + A menina metalinguística e o garoto melancólico de Guga Caldas. Brasil, 2009. Com Johnnas Oliva, Ana Elisa e Júlia Brobow. 11’. 35mm. Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Eu me lembro de Edgar Navarro. Brasil, 2005. Com Arly Arnaud e Dalton Melo. 108’. + Aurora de Jurandir Muller e Kiko Goifman. Brasil, 2002. Documentário. 5’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

18h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Tropa de Elite de José Padilha. Brasil, 2007. Com Wagner Moura, André Ramiro e Milhem Cortaz. 118’. + Carro-forte de Mário Diamante. Brasil, 2012. Com Camilo Bevilacqua e ErlonCherque. 12’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

ter 11

18h30 Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Santos Dumont: Pré-Cineasta? de Carlos Adriano. Brasil, 2011. Documentário Experimental. 63’. + Militância de Carlos Adriano. Brasil, 2002. Experimental. 10’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

qua 12

16h30 Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Erva do rato de Júlio Bressane. Brasil, 2008. Com Selton Mello e Alessandra Negrini. 83’. + Dramática de Ava Gaitán Rocha. Brasil, 2005. Com Cristiano Lima e Simone Spoladore. 20’. 35mm. Classificação indicativa 18 anos

 

18h40 Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Pré-estréia Martírio de Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tita. Brasil, 2016. Documentário. 162’. DCP. Classificação indicativa 10 anos

 

qui 13

18h30 Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Luz nas trevas A volta do Bandido de Helena Ignez e Ícaro C. Martins, 2010. Com Ney Matogrosso e Djin Sganzerla. 83’. + Equilíbrio e graça de Carlos Reichenbach. Brasil, 2002. Com Luciana Brites e MasamitsuAdache. 12’. 35mm. Classificação indicativa 14 anos

 

sab 15

14h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Xuxinha e Guto contra os monstros do espaço de Moacyr Góes e Clewerson Saremba. Brasil, 2005. Animação. Com as vozes de Flávia Saddy, Lúcio Mauro Filho e Milton Gonçalves. 85’. + Em busca da cor de Telmo Carvalho. Brasil, 2002. Animação. 13’. 35mm. Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O homem do pau brasil de Joaquim Pedro de Andrade. Brasil, 1980. Versão restaurada. Com Ítala Nandi e Flávio Galvão. 102’. + Cinema Novo (Improvisiert und zielbewusst) de Joaquim Pedro de Andrade. Alemanha Ocidental, 1967. Versão “Cinemateca do MAM” restaurada. Documentário. Narração Paulo José. 30’. 35mm. Classificação indicativa 18 anos

 

18h30 Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Serras da desordem de Andrea Tonacci. Brasil, 2006. Documentário. 135’. 35mm. Classificação indicativa 10 anos

 

dom 16

14h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O menino no espelho de Guilherme Fiúza Zenha. Brasil, 2014. Com Lino Facioli, Mateus Solano e Regiane Alves. 78’. DCP. + Graffiti dança de Rodrigo EBA!. Brasil, 2013. Animação. 6’. H264. Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Vendo ou alugo de Betse de Paula. Brasil, 2013. Com Marieta Severo, Marcos Palmeira e Nathalia Timberg. 88’. + Casimiro de Paulo César Saraceni e Mário Carneiro. Brasil, 2008. Com Joel Barcellos. 11’. 35mm.

 

18h Mostra Petrobras Castelar e Nelson Dantas no país dos generais de Carlos Alberto Prates Correia. Brasil, 2007. Com Rafaela Amado e Priscila Assum. 73’. H264.+ A degola fatal de Clóvis Molinari e Ricardo Favilla. Brasil, 2004, Documentário. 13’. 35mm. Classificação indicativa 14 anos

 

ter 18

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Latitude zero de Toni Venturi. Brasil, 2001. Com Débora Duboc e Cláudio Jaborandy. 85’. + Asfixia de Roberval Duarte. Brasil, 2004. Com Cláudio Mendes e Márcia do Valle. 14’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Tatuagem de Hilton Lacerda. Brasil, 2013. Com Irandhir Santos e Jesuíta Barbosa. 110’. + Calma Monga, calma de Petrônio de Lorena. Brasil, 2011. Com Adílson Ferreira e Everaldo Pontes. 19’. 35mm. Classificação indicativa 18 anos

 

qua 19

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Juízo de Maria Augusta Ramos. Brasil, 2007. Documentário. 90’. + Ave Maria ou Mãe dos oprimidos de Camilo Cavalcante. Brasil, 2003. 8’. 35mm. Classificação indicativa 16 anos

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O magnata de Johnny Araujo. Brasil, 2007. Com Paulo Vilhena, Rosanne Mulholland e Maria Luísa Mendonça. 97’. + Amsterdam de Fábio Mendonça e Guilherme Ramalho. Brasil, 2005. Documentário. 12’. 35mm. Classificação indicativa 14 anos

 

qui 20

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Lixo extraordinário (Wasteland) de Lucy Walker, Karen Harley e João Jardim. Brasil/Grã-Bretanha, 2010. Documentário. 99’. H264. + A última viagem de Arkadin d’y Saint Amér de Cacilda Teixeira da Costa e Sérgio Zeigler. Brasil, 2007. Documentário. 18’. 35mm. Classificação indicativa Livre

 

19h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Feminices de Domingos de Oliveira. Brasil, 2004. Com Dedina Bernardelli e Domingos de Oliveira. 72’. + A hora do galo de Marcos França. Brasil, 2004. Com Aracy Cardoso e Ivone Hoffman. 15’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

sex 21

17h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Fabricando Tom Zé de Décio Matos Júnior. Brasil, 2006. Documentário. 90’. + Furolesta do samba de Marcelo Pinheiro. Brasil, 2004. Documentário. 26’. 35mm. Classificação indicativa 10 anos

 

19h Mostra Petrobras Via Láctea de Lina Chamie. Brasil, 2007. Com Marco Ricca e Alice Braga. 89’. + A inevitável história de Letícia Diniz de Marcelo Pedreira. Brasil, 2006. Com Michelle Batista, Jane di Castro e Leonardo Costa. 19’. 35mm. Classificação indicativa 12 anos

 

sab 22

14h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Brichos de Paulo Munhoz. Brasil, 2007. Animação. Com as vozes de Marino Júnior, Renet Lyon e Fabíula Nascimento. 67’. + Em 1972 de Tadao Miaqui. Brasil, 2008. Animação. 12’. 35mm.

Classificação indicativa Livre

 

16h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro de Glauber Rocha. Brasil, 1968. Versão restaurada. Com Maurício do Vale, Odete Lara e Othon Bastos. 100’. + Nós somos um poema de Beth Formaggini e Sérgio Sbraglia. Brasil, 2008. Documentário. 17’. 35mm. Classificação indicativa 14 anos

 

18h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro O tempo e o lugar de Eduardo Escorel. Brasil, 2007. Documentário. 103’. H264. + Mini Cine Tupy de Sérgio Bloch. Brasil, 2002. Documentário. 11’. 35mm. Classificação indicativa 10 anos

 

dom 23

14h Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Antes que o mundo acabe de Ana Luiza Azevedo. Brasil, 2009. Com Pedro Tergolina, Eduardo Cardoso e Bianca Menti. 100’. 35mm. + A distração de Ivan de Cavi Borges e Gustavo Mello. Brasil, 2009. Com André Gonçalves e Jonathan Azevedo. 16’. 35mm. Classificação indicativa 10 anos

 

16h Mostra Petrobras O fim e o princípio de Eduardo Coutinho. Brasil, 2006. Documentário. 110’. + Carolina de Jefferson De. Brasil, 2003. Documentário. 14’. 35mm. Classificação indicativa Livre

 

18h30 Mostra Petrobras de Cinema Brasileiro Aquarius de Kleber Mendonça Filho. Brasil, 2016. Com Sônia Braga, MaeveJenkins, Humberto Carrão e Irandhir Santos. 142’. DCP. + Mataram meu gato de Ana Rieper e Maria José Freire. Brasil, 2006. Documentário. 15’. H264. Classificação indicativa 16 anos

 

ter 25

18h30 – O amor segundo Rohmer – Conto de verão (Conte d’éte) de Eric Rohmer. França, 1996. Com Melvil Poupaud e Amanda Langlet. 113’. Exibição em 35mm.

Classificação indicativa 16 anos

 

qua 26

18h30 – O amor segundo Rohmer – Conto de outono (Conte d’automne) de Eric Rohmer. França, 1998. Com Béatrice Romand e Marie Rivière. 112’. Exibição em 35mm.

Classificação indicativa 16 anos

 

qui 27

19h – Sessão Plano – Mulher de Octavio Gabus Mendes. Brasil, 1931. Com Carmen Violeta e Celso Montenegro. 83’. Exibição em 35mm. Sessão seguida de debate

Classificação indicativa 14anos

 

sex 28

18h30 – O amor segundo Rohmer – Conto de inverno (Conte de printemps) de Eric Rohmer. França, 1990. Com Charlotte Véry e Michael Voletti. 112’. Exibição em 35mm.

Classificação indicativa 16 anos

 

sab 29

15h – O amor segundo Rohmer – Conto de primavera (Conte d’éte) de Eric Rohmer. França, 1990. Com Florence Darel e Anne Teyssèdre. 113’. Exibição em 35mm.

Classificação indicativa 16 anos

 

dom 30

15h – O amor segundo Rohmer – A colecionadora (La collectionneuse) de Eric Rohmer. França, 1967. Com Patrick Bauchau e Haydée Politoff. 90’. Exibição em 35mm.

Classificação indicativa 16 anos

 

17h – O amor segundo Rohmer – A inglesa e o Duque (L’anglaise et Le Duc) de Eric Rohmer. França, 2001. Com Lucy Russell e Jean-Claude Dreyfus. 129’. Exibição em 35mm.

Classificação indicativa 16 anos