Exposições

> ATUAIS

Super 8

06 de Abril a 02 de Junho de 2013

Super 8 é uma exposição de vídeos curada por oito artistas de oito cidades diferentes. Cada um deles convidou mais quatro artistas para durante uma semana apresentarem seus trabalhos conjuntamente. Ao todo serão oito semanas, sendo que cada semana apresenta um bloco de artista de uma cidade. São ao todo quarenta artistas. Os artistas curadores de cada cidade são Julião Sarmento (Lisboa), Richard T. Walker (São Francisco), Takehito Koganezawa (Tóquio), Tunga (Rio de Janeiro), Wood and Harrison (Londres), Marco Brambilla (Los Angeles) Reynold Reynolds (Berlim), Walker & Walker (Dublin).

 

Para o MAM, apresentar esta exposição concebida pela Galeria Christopher Grimes (Los Angeles) e que já passou por três destas oito cidades, é a possibilidade de inserir-se no circuito contemporâneo de vídeo e trazer ao público carioca um conjunto importante de artistas que exploram esta linguagem de modo radical e inovador. Uma questão recorrente para o público de museus é o tempo exigido pelos vídeos. Há que se dispor à duração distendida da narrativa audiovisual e sua relação com o espaço expositivo.

Para que o público possa ter acesso aos demais vídeos que serão projetados ao longo das oito semanas disponibilizamos um monitor com todos os 40 trabalhos apresentados.

Luiz Camillo Osorio
Curador
Museu de Arte Moderna

Semana 1
Curadoria Juliao Sarmento, Lisboa

06 sáb – Juliao Sarmento – R.O.C. (40 mais um), 2011, 17’19″
07 dom – Juliao Sarmento – R.O.C. (40 mais um), 2011, 17’19″
09 ter – Terça Juliao Sarmento – R.O.C. (40 mais um), 2011, 17’19″
10 qua – Alexandre Estrela – O cobra verde, 2010, 4’40″
11 qui – Gabriel Abrantes Olímpia I & II (com Katie Widloski), 2006, 8′
12 sex – Joao Onofre – Sem título (Que não acaba mais), 2011, 3’03″
13 sáb – Vasco Araujo – A menina do oeste dourado, 2004, 18’28″
1 dom – Vasco Araujo – A menina do oeste dourado, 2004, 18’28″

Semana 2
Curadoria Richard T. Walker, São Francisco

16 ter – Richard T. Walker – A hierarquia da relevância, 2010, ’7’58″
17 qua – Nate Boyce - Sem título, 2011, 0’13 e 1’30″
18 qui – Michael Damm – Filme do passageiro: a cidade é um sino (dar na vista), ilhas, o oposto da luz do dia, 2008-11, 13′
19 sex Kota Ezawa – Vídeo caseiro 2, 2010, 5’57″
20 sáb – Desiree Holman – Janela mágica, 2009, 15′
21 dom – Desiree Holman – Janela mágica, 2009, 15′

Semana 3
Curadoria Takehito Koganezawa, Tóquio

23 ter – Takehito Koganezawa – Mar de contas, 2011, 12’18, 12’17 e 10’59″
24 qua – Tatsuo Majima – Califórnia, 1997, 2’56″
25 qui – Yuki Okumura – Ficção anatômica – o globo ocular de Zenbei, 2010, 17’12″
26 sex – Mai Yamashita & Naoto Kobayashi – Trenó, 2008, 5’23″
27 sáb – Meiro Koizumi – Retrato de um jovem Samurai, 2009, 9’37″
28 dom – Meiro Koizumi – Retrato de um jovem Samurai, 2009, 9’37″

Semana 4 (30/04 a 05/05)
Rio de Janeiro – curador Tunga

30 ter – Tunga – Cozinhando, 2010, 14’31″
1 qua – Louise Botkay – Mammah, 2006, 8′
2 qui – a Marta Jourdan – Zona de lançamento #5, 2011, 7′
3 sex – Laura Erber – O funâmbulo e o escafandrista, 2008, 11’42″, 13’17″, e 14’34″
4 sáb – Thiago Rocha Pitta – Homenagem a JMW Turner, 2002, 17′
5 dom – Thiago Rocha Pitta – Homenagem a JMW Turner, 2002, 17′

Semana 5
Curadoria Wood & Harrison, Londres

7 ter – Wood & Harrison – Caderno, 2004, 40’40″
8 qua – Graham Gussin – Derramamento, 2006, 14’55″
9 qui – John Smith – O pior cenário, 2001-03, 18’30″
10 sex – Ruaidhri Ryan – Exercícios de como se manter sereno, 2010, 16’48″
11 sáb – Marcus Coates – Finfolk, 2003, 17’38″
12 dom – Marcus Coates – Finfolk, 2003, 17’38″

Semana 6
Curadoria Marco Brambilla, Los Angeles

14 ter – Marco Brambilla – O muro da morte, 2001, 2’37″
15 qua – Euan Macdonald – O curadeiro, 2002, 5′
16 qui – Julie Orser – Circulação sanguínea, 2009, 3′
17 sex – Morgan Fisher – Coloração protetora, 1979, 13′
18 sáb – John Baldessari – Roteiro, 1974, 25′
19 dom – John Baldessari – Roteiro, 1974, 25′

Semana 7
Curadoria Reynold Reynolds, Berlim

21 ter – Reynold Reynolds – Seis peças fáceis, 2010, 5′
22 qua – Marc Aschenbrenner – Rotweiss, 2010, 10’20″
23 qui – Julian Rosefeldt – O perfeccionista, 2005, 16’09, 4’03, and 25′
24 sex – Rui Calçada Bastos – O homem da mala espelhada, 2004, 4’20″
25 sáb – Bjørn Melhus – Murphy, 2008, 3’22″
26 dom – Bjørn Melhus – Murphy, 2008, 3’22″

Semana 8

Curadoria Walker & Walker, Dublin

28 ter – Walker & Walker – Monte análogo revisitado, 2010, 51′
29 qua – Mark Orange – A colaboração, 2006, 4’08″
30 qui – Jaki Irvine – A atriz, 2003, 3’40″
31 sex – Grace Weir – O pó desafiando a gravidade, 2003, 4′
1 sáb – Dorothy Cross – O criador de olhos, 2000, 22′
2 dom – Dorothy Cross – O criador de olhos, 2000, 22′

Realização mantenedores do MAM: Petrobras, Light e Organização Techint

Compartilhe

  • Mantenedores