CINEMATECA

> ATUAIS

Agosto 2014

Eros + Retrospectiva Cinesul

EROS

 

Jardim do Éden…. E Deus criou o sexo…. (“Crescei e multiplicai-vos”).

Séculos de puritanismo achou por bem considerar o conceito de pecado original como sendo o prazer da carne. Do ponto de vista bíblico, a transgressão original do homem não é o sexo, mas a cultura, quando o casal primordial come o fruto da árvore da sabedoria e do conhecimento.

Séculos de cultura humana após, nós, os “degredados filhos de Eva”, criamos o cinema. E o cinema redescobriu o erotismo paradisíaco.

E agora a Cinemateca novamente nos revela os segredos desse prazer ancestral…..

 

 

RETROSPECTIVA CINESUL

 

Seleção de filmes exibidos no Cinesul – Festival Ibero-Americano de Cinema nos últimos 20 anos entre homenagens, filmes premiados e exibições especiais. A programação prosseguirá nos próximos meses do ano de 2014.

 

sex 01

18h30 – Eros – Esse obscuro objeto do desejo (Cet Obscure Objet du Désir) de Luis Buñuel. França, 1977. Com Fernando Rey, Carole Bouquet, Angela Molina. Legendas em português. 93’.

Último filme de Buñuel. Idoso e sofisticado milionário apaixona-se por jovem que se recusa a dormir com ele, embora diga que o ama.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

 

sab 02

16h – Eros – Morgana e as ninfas (Morgane et ses nymphes) de Bruno Gantillon. França, 1971. Com Dominique Delpierre, Alfred Baillou, Mierille Saunin. Legendas em português. 85’. Cópia em DVD.

Uma fábula sobre a sedução e o poder feminino, ambientada em um castelo francês habitado por lindas ninfas comandadas pela bruxa Morgana.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

18h – Eros – Gilda de Charles Vidor. EUA, 1946. Com Rita Hayworth, Glenn Ford, George Macready. Legendas em português. 110’. Cópia em DVD.

Clássico do erotismo no cinema. Dono de um cassino na América Latina acha que seu braço direito nos negócios e sua esposa sensual já se conheciam.

Classificação indicativa – 14 anos.

 

dom 03

16h – Eros – Magnicídio (Jubilee) de Derek Jarman. Grã-Bretanha, 1977. Com Jenny Runacre, Nell Campbell, Toyah Willcox. Legendas em português. 106’. Cópia em DVD.

Erotismo punk. A rainha está morta, o palácio se transformou em estúdio de gravação, os policiais transam entre si ou então quebram as cabeças de jovens.

Classificação indicativa- 18 anos.

 

18h – Eros – Último Tango em Paris (Ultimo tango a Parigi) de Bernardo Bertolucci. Itália/França, 1973. Com Marlon Brando, Maria Schneider. Legendas em português. 124’.

Um americano de meia idade, residente em Paris, vive tórrido relacionamento com uma jovem de 20 anos.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

 

sab 09

16h – Eros – Os contos de Canterbury (I racconti di Canterbury) de Pier Paolo Pasolini. Itália, 1971. Com Albert King, John Francis Lane, John Mclaren. Legendas em português. 110’. Cópia em DVD.

Baseado em histórias eróticas de Geoffrey Chaucer, escritor do século XIV. Segunda parte da trilogia da vida de Pasolini.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

18h – Eros – Eros + Massacre (Erosu purasu Gyakusatsu) de Yoshishige Yoshida. Japão, 1970. Com Mariko Okada, Yuko Kusunoki, Toshiyuki Hosokawa. Legendas em português. 210’. Cópia em DVD.

Biografia do anarquista japonês Sakae Osugi, que foi assassinado pela polícia, a partir se suas aventuras amorosas.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

dom 10

16h – Eros – Os amores de uma loura (Lásky Jedné Plavovlásky) de Milos Forman. Tchecoslováquia, 1965. Com Hana Brejchova, Vladimir Plucholt, Vladimir Mensic. Legendas em português. 85’. Cópia em DVD.

Com dezesseis mulheres para cada homem, as possibilidades estavam difíceis para a jovem Andula, em sua busca desesperada por amor.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

18h – Eros – …E Deus criou a mulher (E Dieu créa la femme) de Roger Vadim. França, 1956. Com Brigitte Bardot, Curd Jurgens, Jean-Louis Trintignant. Legendas em português. 92’.

Juliette, órfã, inventa e impõe uma autonomia solar e provocante. A juventude e a beleza como promessas de felicidade.

Classificação indicativa – 14 anos.

 

qui 14

18h30 – Cineclube Sessão Plano – Argila de Humberto Mauro. Brasil, 1940. Com Carmen Santos, Celso Guimarães, Lídia Mattos. 103’. Sessão seguida de debate com Rafael de Luna e Hernani Heffner.

Viúva, apreciadora de obras de arte, contrata os trabalhos de um ceramista. Ele se apaixona por ela e desfaz seu namoro, para desagrado do ex-sogro.

Classificação indicativa – 14 anos.

 

sex 15

18h30 – Eros – Rua das lágrimas (Die Freudlose Gasse) de Georg W. Pabst. Alemanha, 1925. Com Asta Nielsen, Greta Garbo, Werner Krauss. Legendas em português. 125’. Cópia em DVD. Sessão com acompanhamento de piano ao vivo por Cadu.

Viena, primeiros anos posteriores a Primeira Grande Guerra, apaixonada por um empresário inescrupuloso, uma mulher se torna prostituta.

Classificação indicativa – 14 anos.

 

sab 16

16h – Eros – Todas as mulheres fazem (Così Fan Tutte) de Tinto Brass. Itália, 1992. Com Claudia Koll, Paolo Lanza, Franco Branciaroli. Legendas em português. 90’. Cópia em DVD.

Uma história de amor e intensidade, onde os personagens vivem um casamento feliz, mas a esposa começa a sentir outras necessidades além daquelas que o matrimônio pode oferecer.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

18h – Eros – Querelle de Rainer Werner Fassbinder. Alemanha/França, 1982. Com Brad Davis, Franco Nero, Jeanne Moreau. Legendas em português. 105’. Cópia em DVD.

Baseado em Jean Genet. O marinheiro francês Querelle chega em Brest e começa a frenquentar uma estranha casa.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

dom 17

16h – Eros – A garota do Trieste (La Ragazza de Trieste) de Pasquale Festa Campanile. Itália, 1963. Com Bem Gazzara, Ornella Miti, Mimsy Farmer. Legendas em português. 113’. Cópia em DVD.

Desenhista americano de sucesso, que mora em Trieste, salva uma linda mulher de um afogamento e se apaixona loucamente.

Classificação indicativa – 14 anos.

 

18h – Eros – Os anjos exterminadores (Les anges exterminateurs) de Jean-Claude Brisseau. França, 2006. Com Frédéric van den Driessche, Maroussia Dubreuill, Lise Bellynk. Legendas em português. 100’. Cópia em DVD.

Cineasta realiza um filme sobre os prazeres femininos, enquanto as mulheres transgridem tabus.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

qui 21

18h30 – Sessão latina – Sala escura – El zapato chino de Cristián Sánchez. Chile, 1979. Com Fernando Andía, Felisa González, Andrés Quintana. 72’.

Um taxista encontra uma moça provinciana em um bordel. Decide então protegê-la e abrigá-la.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

 

sex 22

 

18h30 Retrospectiva Cinesul Historias minimas de Carlos Sorín. Argentina/Espanha, 2002. Com Javier Lombardo, Antonio Benedictis, Javier Bravo. Exibição em DVD. Legendas em português. 94′.

Três personagens viajam pelas solitárias estradas da Patagõnia e se cruzam nas estações de parada. Prêmio especial do júri nos Festivais de Cartagena, San Sebastián e Nantes.

Classificação indicativa – 12 anos.

 

sáb 23

 

16h Retrospectiva Cinesul Rua sem sol de Alex Viany. Brasil, 1954. Com Glauce Rocha, Carlos Alberto, Dóris Monteiro. Exibição em DVD. 90′.

Moça pobre precisa arranjar dinheiro para operar os olhos de uma irmã cega e é aliciada para a prostituição.

Classificação indicativa – 14

 

18h Retrospectiva Cinesul En la cama de Matias Bize. Chile/Alemanha, 2005. Com Blanca Lewin, Gonzalo Valenzuela. Exibição em DVD. Legendas em inglês. 85′.

Dois jovens desconhecidos têm um intenso encontro sexual na cama de um motel. Pouco a pouco abrirão seu passado e sua intimidade.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

 

dom 24

 

16h Retrospectiva Cinesul María en tierra de nadie de Marcela Zamora. México/El Salvador/Espanha, 2010. Documentário. Exibição em DVD. Legendas em português. 92′.

A jornada de três mulheres salvadorenhas através do território mexicano, onde se deparam com prostituição forçada, extorsão, roubos e até massacres.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

18h Retrospectiva Cinesul La vida es silbar de Fernando Pérez. Cuba, 1998. Com Coralia Veloz, Luis Alberto García, Isabel Santos. Exibição em DVD. Legendas em português. 106′.

Três pessoas muito diferentes devem escolher entre manter suas crenças e tradições ou libertarem-se delas para viver uma vida mais livre. Prêmio Goya de melhor filme ibero-americano.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

sex 29

18h30 – Eros – Une vrai jeune fille de Catherine Breillat. França, 1976. Com Hiram Keller, Charlotte Alexandra, Bruno Baly. Legendas em português. 93’. Cópia em DVD.

Alice, uma garota de 14 anos, bem desenvolvida fisicamente, vai passar as férias na casa de parentes. Lá ela começa a explorar sua sexualidade.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

sab 30

16h – Eros – Shame de Steve McQueen. Grã-Bretanha, 2011. Com Michael Fassbender, Carey Mulligan. Legendas em português, 101’. Cópia em DVD.

Homem bem sucedido, que mora em Nova Iorque, encontra a fuga para os seus problemas no sexo.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

18h – Eros – As Feras de Walter Hugo Khouri. Brasil, 1995. Com Nuno Leal Maia, Cláudia Liz, Lúcia Veríssimo. 94’.

Homem tem um estranho relacionamento com sua prima, ele a ama desde a infância, mas ela está apaixonada por outra mulher.

Classificação indicativa – 18 anos.

 

dom 31

16h – Eros – Casanova ’70 de Mario Monicelli. Itália, 1965. Com Marcello Mastroianni, Virna Lisi, Michele Mercier. Legendas em português. 110’. Cópia em DVD.

Comédia. Oficial da OTAN é um grande conquistador, mas só consegue se excitar em aventuras amorosas arriscadas.

Classificação indicativa – 16 anos.

 

18h –Eros – A viúva virgem de Pedro Carlos Rovai. Brasil, 1972. Com Adriana Prieto, Jardel Filho, Carlos Imperial. 100’.

Em Minas Gerais, um poderoso coronel se casa com uma bela virgem e promove uma festa em sua fazenda.

Classificação indicativa – 16 anos.